aqlogo_white X
Politics, Business & Culture in the Americas
Countries   |   About    |   Subscribe   |   Newsletter |   Videos
aqlogo_white

Banner Ad
Banner Ad
AQ Feature

Apresentando os Top 5 visionários urbanos de AQ

Como melhorar as cidades? Um grupo variado e inspirador de latino-americanos demonstra por que a colaboração e o bom planejamento são tão importantes quanto o dinheiro (na verdade!).
Paulo Fridman

Este artigo foi adaptado da edição impressa da AQ sobre como melhorar as cidades da América Latina | Read in English | Leer en español

Quando olhamos para as cidades da América Latina de hoje, é tentador ver principalmente os problemas: tráfego, poluição, crime e outros legados da incrível transformação que levou a população da região de ser predominantemente rural nos anos 60, para uma concentração de 80 por cento dos habitantes nas áreas urbanas hoje.

Mas olhe mais de perto e você verá progresso. Buenos Aires está levando serviços para áreas há muito negligenciadas. A capital portenha é mais segura para pedestres e ciclistas — e, no geral, parece estar funcionando melhor que em décadas. São Paulo e Cali viram um declínio drástico nas taxas de homicídio. Ciudad Juárez e Porto Alegre oferecem histórias surpreendentes de renovação urbana. Na Cidade do Panamá e em outros lugares, as autoridades estão trabalhando para lidar com as mudanças climáticas. Polos de inovação — pequenos “Vales do Silício” — estão surgindo em toda a parte.

Em todos esses lugares, líderes visionários estão promovendo mudanças — não só prefeitos e autoridades municipais, mas também empreendedores, ativistas, arquitetos e cidadãos comuns. Esta edição da AQ se dedica a contar suas histórias. Juntos, eles estão abrindo o caminho para políticas que tornarão as cidades mais sustentáveis, resilientes e bem preparadas para os empregos de amanhã.

O que chama a atenção nesses “visionários urbanos” é como o dinheiro geralmente não é o fator determinante para seu sucesso. Por exemplo, o prefeito de Buenos Aires, Horacio Rodríguez Larreta, impulsionou enormes melhorias na infraestrutura da cidade, apesar de contínuos problemas econômicos e de políticas questionáveis. Jhony Fernando Fernández orquestrou uma trégua entre as gangues de Cali usando pouco além da força de sua personalidade. Nesses casos, a chave parece ter sido convencer as várias partes a trabalhar juntas em direção a um objetivo comum — colaboração.

Isso pode parecer óbvio, ou até exagerado. Mas a América Latina é um lugar onde a identidade cívica é frequentemente fraca, talvez seja porque registra a maior brecha entre ricos e pobres do mundo. O interesse próprio, a desconfiança e a polarização política às vezes acabam vencendo. Esses líderes encontraram maneiras de superar esses obstáculos e mostram que as recompensas podem ser imensas.

Mesmo assim, obviamente, as barreiras existem. Brandee McHale, da Citi Foundation, descreve os passos que as cidades devem tomar para dar vida a grandes ideias. Eduardo Levy-Yeyati, da Universidad Torcuato Di Tella, argumenta que os líderes municipais precisarão preparar mais ativamente os jovens trabalhadores para a próxima onda de automação e inteligência artificial.

De fato, o momento é crítico. As projeções sugerem que, após o boom populacional do fim do século XX, as áreas urbanas da América Latina agora crescerão a um ritmo muito mais razoável. Agora é a hora de lidar com as mudanças nos mercados de trabalho, a necessidade aguda de uma renovação da infraestrutura e a elevação do nível dos oceanos. Só assim o século XXI poderá ser verdadeiramente bom para as cidades.

 — Brian Winter, editor-chefe


aline

AQ Top 5 Urban Visionaries: Aline Cavalcante

A cycling enthusiast-turned-activist wanted to make the perilous streets of São Paulo safer for two-wheelers. She has gotten two different mayors to listen.
laretta

AQ Top 5 Urban Visionaries: Horacio Rodríguez Larreta

Despite tough economic times, the mayor of Buenos Aires has invested heavily in infrastructure and education to reduce inequality.
johny

AQ Top 5 Urban Visionaries: Jhony Fernando Fernández

A young man from a low-income neighborhood in Cali, Colombia, goes from gang member to community leader and peacemaker.
banfield

AQ Top 5 Urban Visionaries: Raisa Banfield

A Panama City architect-turned TV host raised her voice in defense of the environment. Now she's vice-mayor – and a globally recognized advocate.

AQ Top 5 Urban Visionaries: Ricardo Mora

An entrepreneur in Ciudad Juárez creates a start up incubator and co-working space to attract talent and investment to the depressed border region.
beer

Fermentando um reavivamento urbano em Porto Alegre

As microcervejarias estão ajudando a revitalizar o Distrito 4, uma área de Porto Alegre há muito negligenciada.
citithumb

How Latin American Cities Can Turn Big Ideas into Reality

Innovative, sustainable urban initiatives are often rejected as expensive and complicated. Overcoming such roadblocks requires long-term thinking from policymakers.

9 Great Urban Ideas from Latin American Cities

From electric scooters to vertical gardens to young coders creating chatbots, nine promising initiatives that are changing Latin American cities for the better.
yeyati

Latin American Cities and the Future of Work

How to prepare Latin America's workforce for a technological revolution.
Like what you've read? Subscribe to AQ for more.
Any opinions expressed in this piece do not necessarily reflect those of Americas Quarterly or its publishers.


Like what you're reading?

Subscribe to Americas Quarterly's free Week in Review newsletter and stay up-to-date on politics, business and culture in the Americas.